DescasoPolítica

Moraes determina que Youtube remova vídeo de Daniel Silveira, sob pena de multa diária de R$ 100 mil (veja o vídeo)


Na mesma decisão em que determinou a prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou que o YouTube seja oficiado para “imediato bloqueio da disponibilização do vídeo, sob pena de multa diária de R$ 100 mil”.

Conforme noticiamos, Moraes mandou prender em flagrante, na noite desta terça-feira (16), o deputado Daniel Silveira.

A decisão, segundo ele, se justificava em função de um vídeo de 19 minutos, publicado nas redes sociais do parlamentar, em que o mesmo critica os seguintes ministros do STF: Edson Fachin, Luiz Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e o próprio Moraes.

Veja abaixo, trecho da decisão:

Diante de todo exposto DETERMINO:

a) a IMEDIATA EFETIVAÇÃO DA PRISÃO EM FLAGRANTE DELITO, POR CRIME INAFIANÇÁVEL DO DEPUTADO FEDERAL DANIEL SILVEIRA. Nos termos do §2º, do artigo 53 da Constituição Federal, o Presidente da Câmara dos Deputados deverá ser imediatamente oficiado para as providências que entender cabíveis;

b) que se oficie o YOUTUBE para IMEDIATO BLOQUEIO da disponibilização do vídeo (link apontado), sob pena de multa diária de R$ 100.000,00 (cem mil reais);

c) que a autoridade policial providencie a preservação do conteúdo do vídeo disponibilizado no (link apontado);

Confira vídeo do Deputado Federal Daniel Silveira detonando os ministros do STF na plataforma LiveLeak:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios