Vilhena

Por causa da pandemia, o IPTU poderá ser parcelado em até oito vezes em Vilhena


Os moradores de Vilhena (RO), no Cone Sul do estado, começaram a receber o carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) correspondente ao ano de 2021.

Segundo a prefeitura, neste ano será possível parcelar o IPTU em até oito vezes, por causa da pandemia da Covid-19. Para quem for fazer o pagamento à vista, haverá desconto à vista de 15% no predial e 10% (conforme o calendário de pagamento).

Em Vilhena, conforme prevê uma lei municipal, há a possibilidade do contribuinte pedir isenção total do valor do IPTU. Esse direito vale para imóveis tombados, imóveis cedidos gratuitamente para uso exclusivo social, imóveis da Casa de Cultura, imóveis pertencentes às associações de moradores de bairro, imóveis locados, cedidos por doação em pagamento ou por regime de comodato para uso da administração municipal.

Os vilhenenses devem fazer o pedido de isenção até 12 de abril, diretamente no prédio da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz). Para isso é necessário apresentar os seguintes documentos:

  • cópia do CPF e RG
  • cópia da certidão de nascimento ou óbito
  • cópia da escritura
  • cópia da primeira folha do carnê de IPTU atual
  • extrato do benefício social recebido (se for beneficiário da LOAS)
  • comprovante de renda dos moradores da residência e comprovante de residência (conta de água ou luz)

Ainda conforme a prefeitura, não são alcançados pelos benefícios da lei de isenção do IPTU os imóveis alugados, com empresas em atividade ou terrenos vagos.

O morador também pode emitir o carnê pelo site da Prefeitura (clique aqui).

IPTU online

Este será o último ano com carnê em papel. A partir de 2022, a emissão e pagamento será totalmente on-line, e a prefeitura diz que vai estar auxiliando no Paço Municipal para aqueles que não tiverem acesso à internet.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios