AutomóveisEconomia

Ford sai e a GM vem com tudo e anuncia investimento de R$ 10 bilhões no Brasil


Enquanto a Ford anuncia o fechamento de sua produção de veículos no Brasil, a General Motors se prepara para aportar novos investimentos e ampliar a produção.

A notícia da Ford deixando o país tomou conta das redes sociais e da grande mídia na tentativa de culpar o governo Bolsonaro pela situação, porém a decisão já havia sido tomada há anos e faz parte de um processo da gigante americana em não mais produzir veículos de passeio.

O próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que a decisão da saída da Ford em sair do país seria culpa do governo.

O que chamou realmente a atenção foi o anúncio de outra gigante montadora americana, a GM, que anunciou que irá retomar em 2021 o planejamento que previa investimentos de R$ 10 bilhões em suas fábricas no país pelos próximos cinco anos, destinados à inovação e também à produção de modelos ainda inéditos no Brasil.

Mesmo com uma forte recuperação nos últimos meses, a produção nacional de veículos encerrou o ano passado com um queda de 31,6%, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Isso levou a indústria automobilística brasileira de volta aos seus patamares de 2003. Tudo graças as quarentenas impostas pela pandemia do Coronavírus, que em nível municipal e estadual, fecharam a economia do país.

O novo investimento de R$ 10 bilhões da GM, previsto inicialmente para o período de 2020 a 2024, vem na sequência de outros R$ 13 bilhões que já foram realizados no período anterior, de 2014 a 2019. Um montante expressivo, que demonstra toda a confiabilidade do governo Jair Bolsonaro e do mercado brasileiro perante o mundo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios