SaúdeTecnologia

Coreia do Norte tentou hackear sistema da Pfizer


A agência de espionagem da Coreia do Sul afirmou nesta terça-feira, 16, que hackers da Coreia do Norte tentaram invadir o sistema de computadores da farmacêutica Pfizer em busca de informações sobre a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela empresa norte-americana.

“O serviço de inteligência nacional de Seoul nos avisou que a Coreia do Norte tentou obter a tecnologia envolvendo a vacina contra a Covid e o tratamento da doença usando uma ‘ciberguerra’ para hackear a Pfizer”, afirmou um membro do parlamento da Coreia do Sul, Ha Tae-keung, em entrevista a agências locais de notícia.

Segundo o canal norte-americano CBS, o país é conhecido por ter um “exército” com milhares de hackers treinados para atacar companhias e institutos de pesquisa no país vizinho e em outros lugares do mundo.

Apesar da suposta tentativa de invasão, o país socialista comandado por Kim Jong-un, que fechou as fronteiras no mês de janeiro de 2020 com o aumento de casos na China, afirma não ter registrado casos de Covid-19, o que é colocado em dúvida por alguns especialistas.

Mesmo com o suposto número zerado de casos, o país deverá receber cerca de 2 milhões de doses do imunizante desenvolvido pela AstraZeneca com a Universidade de Oxford por meio do consórcio Covax/Facility.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios